Tudo o que você precisa saber sobre SDKs

Se você é um desenvolvedor ávido ou um entusiasta de tecnologia, talvez já tenha ouvido a sigla “SDK.” No entanto, a questão é: você sabe o que é SDK e o que ele acarreta? Este artigo explica o que SDK significa e sua importância no mundo da programação de computadores e na rede mundial de computadores.

O que SDK significa , e qual é o objetivo de um SDK?

A sigla ‘SDK’ significa Software Development Kit. Ele pode ser definido como um kit ou conjunto de ferramentas de software, diretrizes e programas usados por programadores e desenvolvedores para criar aplicativos para uma plataforma específica.

Considere o exemplo de uma caixa de ferramentas para uma explicação não técnica de SDKs. Uma caixa de ferramentas normal pode conter pregos, um martelo, luvas e outras peças de equipamento especializado. essas ferramentas, você pode construir pequenos projetos (como uma peça de mobiliário) ou grandes projetos (como uma casa). Um SDK é essencialmente apenas uma caixa de ferramentas para desenvolvedores de software. Em vez de martelos e pregos, contém APIs, IDEs e outros itens essenciais ferramentas. SDKs são usados para uma variedade de projetos, desde tarefas de programação menores até a criação aplicativos robustos.

A maioria dos SDKs apresenta um ambiente de desenvolvimento integrado (IDE), que atua como uma interface de programação primária. O IDE pode apresentar uma infinidade de ferramentas, como um depurador para corrigir erros em um programa, uma janela de programação para escrever códigos-fonte e um editor visual que permite aos programadores construir e editar a interface gráfica do usuário (GUI) de um programa. Também pode incluir uma API (ou várias APIs) para facilitar a interação entre um cliente e um servidor e um compilador para desenvolver aplicativos a partir de arquivos de cabo de origem.

A maioria dos SDKs também vem com código de amostra, para fornecer aos desenvolvedores de software com orientações sobre como começar. Os desenvolvedores podem usar as ferramentas de instrução fornecidas em um SDK para aprender como criar programas básicos. Eventualmente, eles também podem aprender a desenvolver aplicativos mais sofisticados.

As ferramentas do SDK são projetadas para serem utilizadas por uma plataforma ou linguagem de programação específica. Por exemplo, você precisa de um kit de ferramentas Android SDK para construir um aplicativo Android ou um Nordic SDK para desenvolver produtos Bluetooth ou sem fio. Da mesma forma, os SDKs do Facebook permitem o desenvolvimento de aplicativos do Facebook e permitem que uma infinidade de funções sejam definidas e chamadas. O Facebook tem um SDK para aplicativos Android e iOS.

Como funcionam os SDKs?

Os SDKs fornecem aos desenvolvedores um conjunto de ferramentas, exemplos de código, processos, guias e documentação relevante necessária para criar aplicativos de software em um programa específico. Isso garante que os programadores e desenvolvedores não precisem reinventar a roda toda vez que quiserem codificar recursos de aplicativo padrão, como armazenamento de dados, localização, autorização do usuário e delimitação geográfica, entre outros.

SDKs possuem um conjunto de recursos e funcionalidades robustas que reduzem a complexidade do desenvolvimento de programas e aplicativos. E como a maioria das empresas deseja que os desenvolvedores criem aplicativos para suas plataformas, normalmente oferecem SDKs gratuitamente. Tudo o que os desenvolvedores precisam fazer é baixá-los de seus sites. SDKs são normalmente as fontes de originação de programas vastos com os quais o usuário moderno interage. Eles variam de videogames a navegador da web e aplicativos móveis.

Diferenças entre SDKs e APIs

Uma fonte de confusão, especialmente entre programadores iniciantes, é a diferença entre um SDK e uma API (Interface de Programação de Aplicativo). Parte da confusão é porque os SDKs geralmente contêm uma API (ou várias APIs). Por definição, uma API se refere a uma interface ou conjunto de protocolos que permite a interação entre programas de software. Por outro lado, um SDK é um kit que inclui ferramentas de software e programas de instrução que ajudam os desenvolvedores a criar e desenvolver aplicativos.

Portanto, embora uma API seja construída com o propósito de realizar uma função específica de permitir a comunicação entre os aplicativos, um SDK é uma plataforma integrada que possui um conjunto de ferramentas que são usadas para criar esses aplicativos. Portanto, não deve ser surpresa que um SDK contenha uma API. Embora a API facilite e permita a interação entre aplicativos, ela não pode ser usada para criar um aplicativo totalmente novo. Vamos usar a analogia de uma casa para expor a diferença. Vamos considerar que uma API é a linha telefônica que permite a comunicação dentro e fora de casa, enquanto SDK é a casa inteira e todo o seu conteúdo, incluindo a linha telefônica.

Relacionado: Quais são as diferenças entre APIs e SDKs

Primeiros passos com SDKs RapidAPI

RapidAPI tem estado na vanguarda em facilitando a criação e desenvolvimento de aplicativos de primeira classe. Se você é um desenvolvedor que deseja começar, o RapidAPI apresenta uma infinidade de SDKs que permitem que você use uma ampla variedade de APIs em seus aplicativos.Seus SDKs estão disponíveis em uma variedade de linguagens, como Ruby, Python, Node.js, Java, NET e PHP, entre outras. Em sua plataforma, você poderá chamar quantas APIs quiser com um único SDK.

Comece a usar RapidAPI SDKs

5/5 (3 votos)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *